Redução nas falhas de energia na mina subsolo

No ano de 2017, a planta de Jacobina, da Yamana Gold, possuía 49 subestações móveis e fixas em todo seu complexo de minas, demandando uma potência média instalada de 6,22 MW e enfrentando um problema de 76 horas mensais de paradas elétricas com seu desenvolvimento em crescente expansão.

Com o objetivo de reduzir as falhas e melhorar a confiabilidade do sistema elétrico, a Gerência de Manutenção de Mina resolveu patrocinar este Projeto 6 Sigma.

Pelo fato da maior oportunidade de ganho estar em problemas relacionados à lavra (perfuração vertical), o tema tornou- se foco principal da mineradora. Existe possibilidade de ganhos não mensuráveis intrínsecos a condições de segurança operacional, que podem ser obtidos na redução falhas elétricas no caso de redução das falhas do sistema rádio comunicação e de ventilação.

As estratégias utilizadas foram levantar as causas mais recorrentes e impactantes que levam às falhas elétricas no fornecimento de energia à mina.

Assim, implementou-se uma inspeção na rede compacta e convencional, de forma visual e termográfica, e conseguiu-se identificar previamente alguns pontos quentes na rede e atuar de imediato antes de ocorrer a falha e parada geral nas minas.

Estes componentes principalmente garantiam o equilíbrio entre as fases e o mensageiro da rede compacta, que apesar de ser protegida, não isola plenamente o cabo, e pode entrar em curto caso os cabos venham a se entrelaçar.

Como alternativa para reduzir a falha em painéis relativas a pinos de conexão da tomada, isoladores, chaves de fim de curso e demais componentes do circuito de comando, a equipe técnica da oficina realizou uma força tarefa em conjunto com a equipe de campo, retirando os mesmos das frentes de serviço, realizando manutenções e melhorias, deixando sempre um painel liberado para a equipe de campo instalar nas frentes e realizar continuamente a permuta dos painéis.

Autor: Carlos Teixeira de Andrade Neto.
Acesse aqui o trabalho completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *