Categorias

9 de abril de 2021

Dedicada à Redução de Custos na Mina e Planta

Diretora da Kinross Brasil, Ana Cunha atua pela diversidade e inclusão na mineração

2 min read

Reconhecida em 2020 como uma das mulheres mais inspiradoras da mineração, pela 4ª edição do Women in Mining UK, Ana Cunha, diretora de Relações Governamentais e Responsabilidade Social da Kinross Brasil, é protagonista no processo de adoção de práticas mais sustentáveis e foco na diversidade e inclusão, um movimento pelo qual todo o setor passa, no Brasil e no mundo.

Primeira mulher a ser diretora da mineradora canadense no Brasil, a executiva atua como mentora voluntária do Programa Impulsionadora de Carreiras, coordenado pelo Comitê de Igualdade Racial, do Grupo Mulheres do Brasil, e colabora também com o empoderamento de jovens mulheres negras e refugiadas.

“Precisamos motivar cada vez mais nossas mulheres e fazê-las enxergar o quanto são incríveis, mas também sensibilizar as empresas para o impacto positivo que essa equidade agrega em toda cadeia”, afirma.

Formada em Relações Públicas, a diretora da Kinross começou a carreira como analista na área de comunicação empresarial, passou pelos cargos de coordenação e gerência, acompanhada com uma sólida formação acadêmica, como pós-graduação internacional pela Syracuse University.  Em uma segunda fase da carreira, conciliou as atividades em Comunicação Corporativa com a área de Desenvolvimento Social e Relacionamento. Para as novas funções se especializou na Universidade de Sorbonne (Paris-França).

Com formação pela Dom Cabral e pelo programa de Desenvolvimento de Líderes da Universidade de São Paulo, Ana Cunha segue com a missão de abrir espaços para mais e mais mulheres chegarem a cargos de liderança e, assim, participarem efetivamente da tomada de decisões.

Deixe uma resposta