Companhia Siderúrgica do Pecém atinge 10 milhões de toneladas de ferro-gusa produzidas

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) atingiu no final de janeiro a produção de 10 milhões de toneladas de ferro-gusa, cerca de três anos e seis meses após o início das atividades. Segundo a empresa, isso demonstra a estabilidade na produtividade do alto-forno, equipamento que produz o ferro-gusa. 

O ferro-gusa é um líquido incandescente que atinge até 1.600 graus Celsius. Trata-se do produto que sai do alto-forno após o processo chamado de redução, etapa anterior à produção do aço líquido e placas de aço, que ocorre na aciaria. O ferro-gusa é transportado do alto-forno para a aciaria dentro do carro-torpedo, uma locomotiva em formato de torpedo revestida internamente com material refratário.

Deixe uma resposta