Categorias

23 de novembro de 2021

Rio Tinto vai priorizar minerais para “transição energética”

Rio Tinto vai priorizar minerais para “transição energética”Ao anunciar um plano de US$ 7,5 bilhões que eleva o corte das emissões de carbono para 50% até 2030, três vezes maior do que a meta anterior, suas ações caíram nas bolsas porque os investidores odeiam aumento de custos em qualquer negócio. 

Nesse mesmo comunicado, Rio Tinto afirma que ampliará a compra de energia de fontes renováveis e os aportes para pesquisa de processos de descarbonização, além de dobrar os investimentos em exploração de minerais essenciais para a transição energética, como níquel, lítio e cobalto, para US$ 3 bilhões ao ano a partir de 2023.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *