Categorias

23 de novembro de 2021

Atlantic Nickel firma parceria com SineBahia para divulgação de vagas

Empresa reafirma compromisso com a ampliação das oportunidades de contratação de mão de obra local. 

A Atlantic Nickel, empresa brasileira que produz e exporta níquel sulfetado no município baiano de Itagibá, assinou convênio com a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), e a partir de agora, as vagas de emprego abertas pela companhia serão compartilhadas também pelo SineBahia, serviço de intermediação para o trabalho. 

A parceria com a plataforma é mais um passo em nome do propósito de ampliar as oportunidades de contratação de mão de obra local, uma vez que a Atlantic Nickel receberá currículos encaminhados pelo órgão estadual. A estratégia contempla não apenas a microrregião de Itagibá e Ipiaú, mas todas as comunidades que fazem parte do entorno.  

“Com mais esta ação, reafirmamos o nosso compromisso de promover o desenvolvimento socioeconômico regional por meio da geração de postos de trabalho e distribuição de renda”, celebra Felipe Blanco, coordenador de Comunicação e Sustentabilidade da Atlantic Nickel.  

Os trabalhadores interessados em se cadastrar no banco de dados do SineBahia podem se dirigir até uma das unidades do órgão após agendamento pelo site www.sacdigital.ba.gov.br ou por meio do aplicativo SAC Digital, disponível para download nos sistemas Android e IOS. 

A lista atualizada com as oportunidades de emprego abertas na Atlantic Nickel continuará disponível no endereço atlanticnickel.gupy.io, por onde os candidatos podem se inscrever nos processos seletivos. A empresa reforça a orientação de que não recebe currículos via e-mail.  
 
Sobre a Atlantic Nickel    

Controlada pelo grupo Appian Capital Brazil e única empresa produtora de níquel sulfetado no país, a Atlantic Nickel atua na extração do minério fundamental para a fabricação de baterias de veículos elétricos. São mais de 1.700 empregos diretos gerados pelo negócio e R$ 151 milhões injetados em compras e contratos com fornecedores da Bahia de 2018 a 2020.   

A projeção da companhia é dobrar a capacidade produtiva, com o início da operação subterrânea na Mina Santa Rita, prevista para 2028, o que vai elevar o tempo de vida útil da mina de oito para 34 anos (8 anos de mina a céu aberto + 26 anos de mina subterrânea). De acordo com a Avaliação Econômica Preliminar, cerca de US$ 355 milhões devem ser investidos nos primeiros cinco anos desta nova fase.     

Para além disso, a Atlantic Nickel já comemora a recente descoberta de um novo depósito com potencial significativo de recursos de níquel a apenas 26km de distância, e no mesmo cinturão geológico, de onde já funciona a Mina Santa Rita.                                                                                                  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *