Mercedes-Benz apoia KTK na produção de respiradores mecânicos

A Mercedes-Benz está expandindo sua atuação em ações de combate ao coronavírus e passa a ajudar a produzir respiradores no país. Juntamente com a Bosch, Toyota, GM, Flex, ABB e equipes da Caoa Chery, a empresa participa do projeto que envolve consultoria, desenvolvimento de linha de produção e fabricação de respiradores na KTK Indústria e Comércio de Equipamentos Hospitalares, de São Paulo, que, entre vários produtos, fabrica aparelhos de respiração assistida.

Um grupo de 50 colaboradores voluntários da Mercedes-Benz, além de um gerente líder de projeto, estão atuando nessa inciativa, oferecendo vários tipos de ajuda à KTK, com destaque para o apoio na linha de montagem final e na cadeia de fornecedores.

“O objetivo desse trabalho em conjunto é contribuir para a elevação da capacidade de produção da KTK, atendendo ao aumento de demanda por respiradores mecânicos nesse momento crítico de pandemia”, diz Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina. “Alcançamos um ganho expressivo de produtividade, saltando para 70 unidades produzidas por dia. Apoiamos assim a KTK na maior capacidade de atendimento à demanda dos setores de saúde”.

Schiemer relembra que a Mercedes-Benz está atuando em diversas outras frentes de combate à covid-19, como a reparação de respiradores em ação nacional coordenada pelo Senai; a fabricação de respiradores com peças da indústria automotiva, desenvolvido em parceria com Instituto Mauá de Tecnologia e que deve começar após aprovação da Anvisa, na fábrica de São Bernardo do Campo (SP), além de doações de máscaras e itens médicos e de higiene, entre outras iniciativas.

Deixe uma resposta