Prêmio Vale-Capes tem aumento de 15% nas inscrições

A Vale e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação, realizaram a cerimônia de entrega do Prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade. Ao todo, foram 127 trabalhos inscritos, sendo 90 dissertações de mestrado e 37 teses de doutorado, contra 110 inscritos no ano anterior, um aumento de 15%. Lançado em 2012 durante a conferência Rio+20, o Vale-Capes está na sua terceira edição e é uma homenagem a estudantes que pensam em soluções e processos inovadores dentro das universidades brasileiras.

Conheça os oito vencedores do Prêmio Vale-Capes:

Área Temática I: Processos eficientes para redução do consumo de água e de energia

Doutorado

Autor: Idelma Aparecida Alves Terra

Trabalho: Investigação espectroscópica e estudo dos processos de conversão de energia em vidros e nano-cristais co-dopados com íons Tb3+ e Yb3+

Instituição: Universidade de São Paulo – Campus São Carlos (USP/SC)

Mestrado

Autor: Victor Sette Gripp

Trabalho: Análise ambiental, energética e econômica de arranjo processual para reúso de água em refinaria de petróleo

Instituição: Universidade de São Paulo (USP)

Área Temática II: Aproveitamento, reaproveitamento e reciclagem de resíduos e/ou rejeitos

Doutorado

Autor: Paula Fagundes de Gouvêa

Trabalho: Estudos genéticos e moleculares da produção de celulases e hemicelulases em Aspergillus nidulans e Aspergillus niger

Instituição: Universidade de São Paulo – Campus Ribeirão Preto (USP/RP)

Mestrado

Autor: Denilson de Jesus Assis

Trabalho: Influência da aeração e agitação nas propriedades de gomas xantana produzidas por Xanthomonas campestris mangiferaeindicae 2103 com glicerina residual do biodiesel: otimização e cinética do bioprocesso

Instituição: Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Área Temática III – Redução de Gases do efeito estufa (GEE)

Doutorado

Autor: Bettina Susanne Hoffmann

Trabalho: O potencial termelétrico a carvão no Rio Grande do Sul diante restrições de disponibilidade de água e objetivos de redução de emissões de CO2, aplicando a queima em leito fluidizado.

Instituição: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Mestrado

Autor: Pieter de Jong

Trabalho: Análise econômica, técnica e ambiental das tecnologias de geração de energia renovável e não renovável no Brasil

Instituição: Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Área Temática IV – Tecnologias socioambientais, com ênfase no combate a pobreza

Doutorado

Autor: Andréa Cardoso Ventura

Trabalho: Tecnologias sociais de convivência com o semiárido baiano: estratégia para a governança global do clima

Instituição: Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Mestrado

Autor: Felipe de Albuquerque Sgarbi

Trabalho: Modelos de transição energética residencial e o acesso a serviços energéticos limpos: uma análise a partir de dois estudos de caso

Instituição: Universidade de São Paulo (USP)

Fonte: Vale

Fonte: Revista Minérios & Minerales

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *