Categorias

24 de julho de 2021

Revista Minérios e Minerales

Portal de informação do setor de mineração

Obra de barragens com equipamentos rádio-controlados

Equipamentos remotamente controlados são a tendência quando fala-se em construção de contenções em áreas de risco. Esta tecnologia protege o maior ativo da operação, pois remove os operadores e pessoal de apoio da zona de autossalvamento (ZAS) e permite que o trabalho seja realizado com a mesma qualidade, porém de forma 100% segura.

O operador de máquinas pode trabalhar dentro de uma van, shelter, escritório ou até mesmo de casa, com toda a proporcionalidade original do equipamento e com mínimo atraso.


O Grupo AIZ de São José dos Pinhais (PR) desenvolve e fabrica a tecnologia de controle remoto em equipamentos da linha amarela, implementos rodoviários e máquinas caminhões e máquinas de apoio.


Em um case de construção de barragem em Itatiaiuçu (MG), o Grupo AIZ juntou a tecnologia de controle remoto com o segmento de máquinas de construção e florestais, isso porque o local possui floresta e riachos. Neste, instalou-se a tecnologia em máquinas de corte feller, caçambas sobre esteiras (track dumper), escavadeiras anfíbias e caminhões que acessam a ZAS de forma não tripulada e realizam o corte das arvores. Na sequência, log loaders realizam o traçamento e carregamento das toras no track dumper. Este, por sua vez, realiza a remoção destas toras da zona ZAS graças a sua alta capacidade de tração e baixa pressão no solo. Caminhões sobre pneus remotamente controlados retiram folhagem e outros materiais e servirão para o depósito futuro de agregados no local.


Após remoção das árvores, inicia-se o trabalho de remoção do top soil. Esta fase consiste em remover a camada superior com vegetação e raízes. Para este trabalho, utilizam-se tratores de esteira rádio-controlados que entregam produtividade no empurre de material.


A remoção do top soil é fase importante para o projeto, pois a partir desta tarefa teremos um local apropriado para efetivamente iniciar a construção da ECJ.


Com um local preparado, outros equipamentos rádio-controlados entram em cena. A escavadeira equipada com a tecnologia de escavação 3D realiza os cortes e aterros com precisão seguindo as medidas de projeto.


Este sistema impede que o operador, mesmo remotamente, realize movimentos que alterem as linhas de profundidade projetadas. As estruturas de contenção são projetadas com ângulos, galerias, filtros e demais características que necessitam de precisão, e o fato de estar em uma área de risco, impede que profissionais de topografia acessem o local.


A tecnologia de controle remoto para equipamentos em geral é uma realidade e já está à disposição do mercado. É um produto nacional com flexíveis de venda e locação, podendo ser instalada em qualquer equipamento das mais variadas marcas e modelos.

Deixe uma resposta