Empresas fazem joint venture para planta de cátodo de níquel

A poucos dias atrás, a Fu An Qing Mei Energy Material, uma subsidiária da refinaria e recicladora chinesa GEM, assinou com a produtora sul-coreana de materiais para baterias Ecopro, o estabelecimento de uma joint venture para a construção de uma planta precursora de cátodo de níquel na cidade de Ningde, província de Fujian, na China.

A nova empresa pertencerá terá 51% da Fu An Qing Mei e 49% da Ecopro, com o contrato de investimento oficial entre as duas partes a ser finalizado em meados de 2020.

Com suas principais instalações de produção localizadas em Hubei e Jiangsu na China, a GEM é uma grande refinaria de cobalto e níquel, além de ser uma das produtoras precursoras de cátodos de íons de lítio globalmente.

Em 2019, a empresa foi estimada como um dos três principais produtores de sulfato de níquel, juntamente com o Jinchuan Group na China e a SMM no Japão. Sua capacidade para materiais essenciais para a produção de baterias EV, posicionou a empresa como a maior produtora mundial desse produto.

Fonte: Roskill

Deixe uma resposta