Workshop debate redução de acidentes de trabalho no setor mineral

A Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia (SGM/MME) pretende realizar um acordo de cooperação técnica com o Sesi Nacional (Serviço Social da Indústria) para desenvolver ações que reduzam o afastamento de trabalho no setor mineral. Para isso foi realizado um workshop no dia 4 de fevereiro, no Ministério de Minas e Energia, que reuniu representantes da Confederação Nacional da Indústria (CNI), do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), do SESI, da Vale, da Votorantim Metais, da Samarco e da UQV.

Telton Elber Corrêa, secretário-adjunto de Geologia Mineração e Transformação Mineral falou da importância em desenvolver ações de segurança e saúde. “É importante que o setor mineral repercuta de forma positiva na sociedade. Orientando e informando os trabalhadores no setor mineral a executar suas tarefas de forma segura, evitando acidentes e doenças”, disse.

De acordo com ele, o setor mineral tem crescido muito e é necessário que os indicadores de segurança e saúde acompanhem esse desenvolvimento. “A mineração, além de trazer emprego e renda, tem que trazer qualidade de vida para quem trabalha no setor e benefícios para a sociedade. É preciso garantir o mínimo de condições saudáveis de trabalho”, afirmou.

Marcos Tadeu, diretor de Operações do Sesi Nacional, falou da importância do acordo de cooperação. “Essas parcerias costumam dar resultados e reduzem os acidentes em até 8%. A ação vai desde ensinar a manusear equipamentos de segurança a criar planos de ação para atuação no setor”, explicou.

As metas do acordo serão alcançadas pormeiodointercâmbio, difusão e divulgação de informações, promoção de diagnósticos e estudos prospectivos de segmentos do setor, incluindo as áreas de saúde, segurança e interação com APLs (Arranjo Produtivo Local) da base mineral, assim como encontros, reuniões e eventos técnicos.

A parceria também busca articular ações para o desenvolvimento tecnológico propondo ações em conjunto e/ou com terceiros, em áreas de interesse para o setor. Além disso, visa estabelecer acordo de cooperação técnico-científico internacional na indústria de mineração, nas áreas de segurança, saúde do trabalho e socioambiental.

Fonte: Redação MM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *