Processo desidrata grande volume de resíduos

A Matec projeta, fabrica e instala plantas completas para purificação e filtração de águas residuais e lama decorrentes de processos industriais e de mineração. Usando equipamentos da empresa pode-se desidratar grandes volumes de material, de forma a recuperar a água para reúso e dispor o material sólido.

A melhor forma de explicar a função dos produtos da Matec é descrevendo-os através do processo de desaguamento. Ele inicia-se a partir de um pequeno fosso feito de concreto ou aço inoxidável que coleta a água residual que a planta irá tratar.

Bombas submersíveis verti cais enviam a água do fosso para o espessador através de um tubo. Mas antes de focar no silo, os sistemas Bifloc e Doson da Matec desempenham uma função essencial para obter os resultados perfeitos no desaguamento.

No tubo de alimentação do espessador, o polieletrólito floculante é injetado. O floculante é um produto químico biodegradável e não-tóxico que reage com os sólidos em suspensão e acelera sua decantação no fundo do espessador. O produto é preparado e regulado automaticamente no Bifloc, reduzindo entre 20% e 30% o consumo de floculantes graças ao sistema Doson.

O sistema Doson trabalha coletando amostras da lama a cada 2,3 minutos. Elas são analisadas por fotocélulas e, de acordo com a quantidade de sólidos e velocidade de decantação, o Doson regula a dosagem de produto. É a bomba dedicada Matec que aumenta ou reduz a quantidade necessária de floculante.

O espessador é feito em aço inoxidável AISI 304 (ou aço carbono revestido) e projetado especificamente para uma determinada capacidade e material a ser tratado. Ele promove a clarificação, um processo contínuo que pode recuperar grandes quantidades de água. Os espessadores Matec são baseados no princípio da decantação estática e natural dos sólidos em suspensão.

A água entra no espessador através do cone inverti do posicionado no topo e é clarificada. A lama se torna mais pesada, graças a ação do polieletrólito, e se separa da água, decantando no fundo, contando ainda com a pressão da coluna d’água acima. Ao mesmo tempo, a água clarificada sobe e transborda pelas calhas de dreno para terminar no tanque de água limpa. Para acelerar o processo de clarificação, cada componente do espessador é precisamente dimensionado. Esta água está purificada e pronta para ser reutilizada.

Uma vez alcançada a compactação necessária, as válvulas automáticas descarregam a lama, que cai no Bifang da Matec, que é o tanque usado para homogeneização. Um moto redutor com lâmina mantém a lama agitada até que esteja pronta para ser enviada para o filtro prensa.

Somente quando a lama possui a densidade desejada (40-50% em volume) o sistema Vibron abre as válvulas.

Os filtros-prensa Matec uti lizam HPT (High Pressure Tecnology

– Tecnologia de Alta Pressão) para trabalhar a pressões muito mais elevadas quando comparadas a outros filtros prensa (5/7 bar), alcançando pressões de 16/30 bar. É o filtro prensa que realiza o verdadeiro e autêntico processo de filtragem, desaguando a lama. Quando todas as placas estão fechadas a bomba de alimentação começa a encher as câmaras com a lama do tanque homogeneizador Bifang.

Graças a pressão, as partículas sólidas são retidas pelas lonas de filtragem enquanto a água fl ui através delas e é recolhida pelos tubos de drenagem. O filtro prensa produz tortas secas com uma umidade residual muito baixa, que caem e estão prontas para serem descartadas através de pás carregadeiras ou transportadores de correia.

A abertura do filtro prensa é feita de uma só vez ou em seções, para otimizar o tempo e assegurar a descarga completa das tortas, graças ao sistema de abertura TT2 e aos sacudidores Gasser

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *