Temasek busca ampliar ativos na América Latina

A abertura de escritórios no Brasil e no México indica que a agência estatal de investimentos de Singapura vai intensificar suas atividades na América Latina, sem descuidar dos seus expressivos investimentos na Rússia, Índia e China, que respondem por 80% da sua carteira de US$ 120 bilhões. Os recentes problemas com os seus investimentos na Tailândia e Indonésia parecem reforçar a necessidade de a Temasek buscar um maior equilíbrio nos seus ativos, dividindo-os em partes iguais entre Singapura, países emergentes e mercados industrializados.
Fonte: Padrão

Deixe uma resposta