Categorias

27 de novembro de 2021

Sinferbase: exportação minério cai 0,12% em set ante set 2006

Sinferbase: exportação minério cai 0,12% em set ante set 2006

As exportações brasileiras de minério de ferro recuaram 0,12% em setembro de 2007 ante igual período do ano passado, devido a fatores sazonais e interrupção no fornecimento de energia, o que reduziu o número de embarques de pelotas, revelam dados divulgados hoje pelo Sindicato Nacional da Indústria da Extração do Ferro e Metais Básicos (Sinferbase). As mineradoras brasileiras embarcaram 22,038 milhões de toneladas métricas de minério de ferro em setembro deste ano, ante 22,066 milhões em igual mês de 2006. De janeiro a setembro de 2007, os embarques subiram 5,9%, para 189,465 milhões, ante os primeiros nove meses do ano passado. A Companhia Vale do Rio Doce, maior exportadora de minério e de pelotas do mundo, liderou as exportações brasileiras de minério em setembro e embarcou 20,794 milhões de toneladas métricas, 27% mais que no mesmo período do ano anterior. A Vale respondeu por 94% das exportações brasileiras de minério em setembro. Já as exportações de minério e pelotas da Samarco recuaram 15% no período, para 1,244 milhão de toneladas métricas. A Samarco é joint venture na qual a Vale tem 50% e a BHP Billiton, outros 50%. Uma interrupção no fornecimento de energia que afetou o Rio de Janeiro e o Espírito Santo, em setembro, provocou a suspensão do trabalho em das unidades de pelotas e em portos durante um breve período do mês. Em termos cambiais, as exportações avançaram 0,7%, para US$ 1,14 bilhão, ante 1,13 bilhão em setembro de 2006. As exportações também foram prejudicadas pela forte demanda das siderúrgicas domésticas por minério. As vendas domésticas cresceram 27%, para 4,784 milhões de toneladas. No que diz respeito às pelotas, os embarques caíram não só por causa de fatores sazonais e da interrupção no fornecimento de energia, mas também porque a demanda em países do Hemisfério Norte diminuiu por causa do inverno. As exportações de pelotas recuaram 21% em setembro, para 3,622 milhões de toneladas métricas, ante as 4,588 milhões de toneladas métricas em igual período de 2006. No ano, as exportações de pelotas avançam 11%, para 37,059 milhões de toneladas métricas.
Fonte: Padrão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *