Projeto Pilar: dois anos sem acidentes com afastamento

Engajamento da equipe e Sistema Yamana de Gestão (SYG) contribuem para esta conquista, marcada por atividades especiais na unidade

Atividades especiais marcaram a conquista de dois anos sem acidentes de trabalho com afastamento no projeto Pilar da Brio Gold, subsidiária da Yamana. “O principal investimento realizado em Segurança e Saúde Ocupacional (SSO) é o tempo dedicado à área. O segredo para o êxito neste caso é fazer segurança de forma simples, estar presente na operação com foco na disciplina operacional e tolerância zero para os desvios comportamentais”, enfatiza Alexandro Neto, coordenador de Segurança, Saúde, Meio Ambiente e Comunidades (SSMAC).

Para atingir a marca de 730 dias sem acidentes, o projeto Pilar tem como aliado o Sistema Yamana de Gestão (SYG), baseado nas melhores práticas internacionais para garantir a sustentabilidade do negócio. Quando foi implementado, em 2006, o SYG padronizou os processos de Segurança, Saúde, Meio Ambiente e Responsabilidade Social e, hoje, engloba todas as áreas como uma ferramenta de gestão integrada.

Entre as ações que visam à proteção dos profissionais, estão o Diálogo Diário de Segurança (DDS), Registro de Ocorrência de Segurança (ROS), Regras de Ouro, Abordagens de segurança, treinamentos introdutórios para percepção de risco, auditorias externas, entre outras. Francisco Rosa Marques trabalha na mina como blaster e coloca em prática os conhecimentos obtidos por meio do DDS, além de compartilha-los com os colegas. “No projeto Pilar, segurança ultrapassa o discurso, é uma realidade. Há um procedimento muito claro para cada atividade, seja empregado direto ou de empresas prestadoras de serviço, todos têm acesso a treinamentos e informações”, disse.

O complexo PDGM, formado por Pilar, Caiamar e Maria Lazara, contará em 2015 com R$ 2 milhões para o desenvolvimento de ações que garantam a integridade física e o bem-estar dos trabalhadores. “Proteger os empregados de acidentes e de problemas de saúde não é apenas um dever legal e ético, mas sim uma prioridade e um valor para o empreendimento, tendo como premissa o cuidado integral com a segurança de todos, que colaboram diariamente com o sucesso da companhia”, ressalta Glauber Rosa Luvizotto, gerente-geral.

Fonte: Redação MM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *