Pioneirismo em disposição de rejeitos

Desde os anos 1990 a Pimenta de Ávila pesquisa e aplica inovações em disposição de rejeitos para redução de riscos envolvidos com barragens. Em 1992 a Pimenta de Ávila iniciou suas pesquisas na MRN – Mineração Rio do Norte, localizada em Porto Trombetas (PA), com adensamento e secagem de rejeitos de lavagem de bauxita.

Essa metodologia é aplicada até hoje, e traz grande economia e segurança à disposição de rejeitos. Também em filtração de rejeitos de granulometria fina, a Pimenta de Ávila iniciou estudos desde a década de 2000, evoluindo os métodos de dry stacking na planta da Alunorte, em Barcarena (PA,) para empilhamento de rejeitos filtrados.

No caso de rejeitos arenosos, a empresa pesquisou e implantou projetos de empilhamentos drenados em que o desaguamento dos rejeitos é feito por gravidade e faz-se o empilhamento de rejeitos desaguado.

Com uma equipe multidisciplinar composta por mais de 100 profissionais, em sua maioria mestres e do utores das áreas de geotecnia, geologia, meio ambiente e recursos hídricos, a Pimenta de Ávila possui ampla experiência na concepção de sistemas de disposição de rejeitos e estéreis de mina, atuando desde os estudos iniciais dos depósitos até as fases de implantação, operação e descomissionamento.

A inovação da Pimenta de Ávila vai além da tecnologia aplicada aos seus estudos e projetos. A segurança das estruturas monitoradas é facilitada pelo Sysdam, software desenvolvido pela empresa para apoio à gestão de segurança de barragens.

Reunindo em um só sistema todas as informações relevantes para a gestão, o Sysdam consolida as informações de projeto, construção e operação das barragens.

Entre as suas funcionalidades, o Sysdam compila e gera notificações do sistema de monitoramento das barragens, registra inspeções e anomalias, consolida auditorias, gera e acompanha planos de ações e ainda suporta à operacionalização dos planos de ações de emergência, fornecendo melhores informações aos gestores, promovendo a segurança para empresa e sociedade.

A Pimenta de Ávila também possui vasta experiência no desenvolvimento de Planos de fechamento de Mina e de Barragens, bem como em outros serviços de engenharia para mineração, a saber: – Estudos ambientais: Gestão de águas, remediação ambiental, avaliação do potencial de geração e transporte de contaminantes, valoração de danos ambientais e recuperação de áreas degradadas; – Gestão de riscos: Segurança de barragens, auxílio à operação do sistema, due diligence, avaliações de risco, PAE – Plano de Ações de Emergência; – Mina: Estabilidade de taludes, drenagem, hidrogeologia.

Toda a aplicação do conhecimento é suportada pela aplicação de um Sistema de Gestão da Qualidade com certificação ISO 9001 e pela experiência de um comitê técnico especialista.

Deixe uma resposta