Grão Mogol (MG) pode sediar mina de ferro de US$ 2,1 bi

Governo mineiro e a SAM-Sul Americana Metais assinaram protocolo de intenções para desenvolver o projeto de minério de ferro ao norte do Estado, a 570 km da capital. A empresa subsidiária da Honbridge Holdings, da China, prevê investir US$ 2,1 bilhões para produzir já em 2025 27,5 milhões t/ano de minério com 20% Fe, que será concentrado para 62%. A licença ambiental já foi solicitada e a construção do complexo está previsto para se iniciar em 2022. A produção será escoada por mineroduto de 480 km até o Porto Sul, em Ilhéus (BA), a ser implantado e operado pela empresa Lotus Brasil, ao custo de R$ 1,2 bilhão. Um aspecto que deve provocar polêmica é a barragem de rejeitos.

Deixe uma resposta