Categorias

9 de abril de 2021

Dedicada à Redução de Custos na Mina e Planta

Disposição do rejeito de minério de ferro filtrado

3 min read
Geovar Miranda Domingues, gerente de área de beneficiamento, processo e concentração, e Raymundo Gomes Moreira, analista de processos sênior, são da ArcelorMittal Brasil

O presente trabalho tem como objetivo apresentar o projeto de concentração de itabiritos da ArcelorMittal na Mina do Andrade, em Bela Vista de Minas (MG), que atenderá a Usina de monlevade com um sinter feed de melhor qualidade e que propiciará a concentração magnética a úmido do minério-itabirito, sem a utilização de barragens de rejeito.

Para isso, será utilizado um sistema de filtragem a vácuo, que possibilitara executar o sis­tema de empilhamento drenado do rejeito e a recuperação da agua de processo. A conclusão mostra que este processo de filtragem permite uma operação mais segura.

A Mina do Andrade opera em mina a céu aberto, utilizando o método de bancada. A hematita extraída da mina, alimenta a planta de beneficiamento em umidade natural, e o itabirito e o es­téril franco são armazenados separadamente em pilhas para aproveitamento futuro do itabirito. O Projeto itabiritos consiste basicamente em adequações e modificações na instalação de tratamento de minério já existente, de forma a incluir o beneficiamento a úmido no processo, utilizando o processo de concentração magnética, possibilitando o processamento de minério hematítico e itabirítico de forma conjunta, complementando a rota atual, que processa apenas o minério hematítico. 0 minério concentrado e o rejeito gerado passarão par um processo de filtragem, onde o produto sairá com tear de umidade pr6ximo a 15% e toda a agua remanes­cente será reutilizada no processo.

0 ROM  (Run of  Mine) é processado em umidade natural na planta de bene­ficiamento,  que   consiste em  uma   britagem primaria – britador de mandíbula, etapas de britagem secun­dária e terciária – britadores cônicos, ambos em circuitos fechados par peneiras vibra­ tórias. 0 produto final obti­do e um sinter feed, abaixo de 12 mm e a  planta atualmente produz 1,5 Mtpa, mas tem capacidade de produzir 3,5 Mtpa. E destinado em quase sua totalidade a usina siderúrgica da empresa em Joao Monlevade.

A concentração do itabirito possibilita o aproveitamento desse minério de baixo tear, sendo o principal objetivo separar o minério em duas frações: a concentrada e a  descartável (rejeito).

0 Projeto ltabiritos da Mina do Andrade consiste no peneiramento a úmido em 2 mm, sendo o retido undersize processado em uma prensa de rolos para adequar a granulometria abaixo de 2 mm em um circuito fechado e o passante direcionado em polpa para concentração magnética. 0 primeiro estagio da concentração magnética possui três separadores de media intensi­dade e dais separadores de alta intensidade em etapa rougher e scavenger. 0 desaguamento ocorre nas seguintes etapas: hidrociclones; filtragem  a vácuo –   esteiras; espessamento  de alta densidade; empilhamento de concentrado e rejeito e homogeneização.

Os benefícios do Projeto ltabiritos inclui melhora na qualidade do sinter feed entregue ao cliente, com teores menores de contaminantes coma sílica, fósforo e alumina; consequente­mente, uma redução no volume de escória gerada no alto forno e menor consumo de combustível (carvão mineral). Beneficiar menos hematita e mais itabirito reduz o custo de movimen­tação da mina, evitando o empilhamento do itabirito e aumentando a vida útil da mina, além de reduzir o consumo de óleo diesel da frota e permitir reaproveitar 85% da agua de processo, devido ao processo de filtragem.

Deixe uma resposta