Daniele de Oliveira Pedrosa, analista de comunicação e responsabilidade social sênior da CBA, concorre na premiação com o “Projeto da associação intermunicipal de confeccionistas da comunidade de Santo Antônio do Rio Preto”.

O que motivou apresentar um projeto para concorrer 22° Prêmio de Excelência da Indústria Minero-Metalúrgica Brasileira?

Por que acredito que a atuação social da CBA é um instrumento de geração de valor que deve ser percebido entre negócio, parceiros e sociedade, por meio de relações genuínas e perenes, onde todos ganham. Esse prêmio é uma oportunidade de dar visibilidade ao projeto, e mostrar o resultado da mineração sustentável que desenvolvemos aqui.

Qual a importância profissional de desenvolver projetos na mina e na planta para a mineradora na qual trabalha?

Por meio de ações estruturadas e do relacionamento contínuo com as comunidades, contribuímos para o desenvolvimento das regiões onde atuamos, deixando um legado que diz respeito não apenas a empresa, mas ao profissional também.

Como avalia trocar experiências em um evento de apresentação de projetos realizados pelas mineradoras?

Uma oportunidade de muito aprendizado e networking na esfera profissional, além de ser uma chance de potencializar os benefícios gerados pela Mineração nas comunidades onde estão inseridas e para o desenvolvimento do país.

Deixe uma resposta