A areia de obra tornou-se produto cobiçado

A areia comum tem se tornado um produto raro. Usado misturado ao concreto, em base de asfalto, vidro e até em chips de silício dentro telefones e computadores, o produto tem rareado no planeta.

Areia de deserto, como do Saara, na África, e do Arizona, no Estados Unidos, e das praias litorâneas não servem para quase nada. 

No entanto, a areia é um recurso natural mais consumido no planeta, além da água. As pessoas usam cerca de 50 bilhões de toneladas do chamado agregado – o termo da indústria para areia e cascalho juntos que têm alto poder ligante com o concreto. Mas esse tipo de areia é encontrado em leitos, margens e várzeas dos rios, assim como nos lagos.

A demanda por esse material tem sido mais intensa no mundo, mais ele tem rareado. Há até um mercado negro crescente para sua comercialização. 

O principal fator dessa crise é a urbanização vertiginosa. Todos os anos, há cada vez mais pessoas no mundo migrando do campo rural para as cidades, especialmente nos países em desenvolvimento. 

Deixe uma resposta