Anglo American investe R$ 30 milhões em preservação ambiental no Minas-Rio

Os recursos destinam-se a projetos nos dois Estados

Com o objetivo de contribuir para a manutenção e implantação de Unidades de Conservação (UCs) em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, a Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American irá investir R$ 30 milhões em iniciativas de preservação ambiental. A previsão é de que só no primeiro semestre deste ano sejam destinados cerca de R$ 15 milhões a atividades dessa natureza nas regiões de influência direta e indireta do Sistema Minas-Rio.

Do montante de R$ 30 milhões, R$ 5 milhões já foram destinados ao Parque Estadual Serra do Brigadeiro, na região do mineroduto do Sistema Minas-Rio em Minas Gerais e outro de R$ 1 milhão no Parque Estadual Pico do Itambé, próximo ao município mineiro do Serro. Esses valores estão sendo utilizados para regularização fundiária e aquisição de bens e serviços necessários à implantação, gestão, monitoramento e proteção das Unidades de Conservação (UC´s).

No mês de fevereiro, a empresa destinou um total de R$ 230 mil às Áreas de Proteção Ambiental (APAs) de Água Santa de Minas e Nova Era, localizadas nos municípios mineiros de Tombos e Nova Era, respectivamente. O aporte será destinado à elaboração de planos de manejo paras as respectivas áreas, que contemplarão os limites das áreas de proteção ambiental, as normas de uso, de que forma os recursos naturais serão aplicados e quais estruturas serão necessárias para a administração das unidades.


Investimentos fazem parte do licenciamento ambiental junto ao Ibama e irão contribuir para a preservação ambiental de áreas próximas a localidades onde a mineradora atua

“Esses investimentos fazem parte do licenciamento ambiental junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e irão contribuir para a preservação ambiental de áreas próximas a localidades de atuação da empresa. Além disso, todo o trabalho será realizado de acordo com as especificidades ambientais de cada região contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico dessas localidades”, afirma o gerente geral de Desenvolvimento Sustentável da Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American, José Centeno.

Em 2013, a companhia doou mais de R$ 13 milhões às UCs do Parque Estadual da Serra do Intendente, Parque Estadual do Pico do Itambé, Monumento Natural Municipal Serra da Ferrugem e Parque Natural Municipal Salão de Pedras, todas localizadas na região da mina do Sistema Minas-Rio, em Conceição do Mato Dentro.

Fonte: Revista Minérios & Minerales

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *