Vale e Fortescue assinam Memorando de Entendimento

As duas empresas buscarão oportunidades para aumentar a competitividade de suas operações

A Vale anuncia a assinatura de um Memorando de Entendimento (Memorandum of Understanding, ou "MoU", em inglês) com a empresa australiana Fortescue.

O memorando estabelece os princípios pelos quais a Vale e a Fortescue concordaram em buscar oportunidades de longo prazo para aumentar a competitividade de suas operações, bem como criar valor adicional para a indústria siderúrgica chinesa.

Essas oportunidades incluem a formação de uma ou mais joint ventures para a blendagem e distribuição dos produtos da Vale e da Fortescue, respectivamente, na China de forma a desenvolver um blend de minério de ferro especificamente preparado para satisfazer as necessidades de longo prazo dos atuais e futuros consumidores chineses. O memorando também oferece à Vale, em caráter facultativo, a possibilidade de realizar projetos de mineração em conjunto com a Fortescue na Austrália, bem como a possibilidade de adquirir uma participação minoritária na empresa controladora da Fortescue.

Peter Poppinga, diretor executivo de Minerais Ferrosos disse que: "O Memorando de Entendimento é mais um importante passo para otimizar a cadeia de suprimentos da Vale, para criar novas plataformas em prol de desenvolvimento futuro de minas e para oferecer uma nova alternativa de produto de classe mundial à indústria siderúrgica chinesa. Estamos com uma visão de futuro de 10 anos."

O memorando não constitui um contrato e não é judicialmente vinculante entre as partes. Ele permanece sujeito ao acordo dos termos finais de quaisquer documentos de transação e ao recebimento de todas as aprovações requeridas, incluindo do Conselho de Administração da Vale e da Fortescue bem como quaisquer aprovações regulatórias relevantes.

A Fortescue é uma fornecedora global de minério de ferro, operando uma infraestrutura e ativos de mineração na região de Pilbara em Western Austrália. A empresa exporta 165 milhões de minério de ferro por ano.?

Fonte: Redação MM

Deixe uma resposta