S11D: montagem utiliza nova tecnologia

Uma nova tecnologia foi usada para posicionar os módulos que vão compor a Casa de Transferência do Pátio de Produtos da Usina do Projeto S11D, da Vale, no Sudeste do Pará. A estrutura, chamada de Gantry, é composta por um pórtico móvel de 73 m de altura e conta com apoio de um guindaste com capacidade de 1.250 t. Trata-se de mais uma novidade para as atividades de içamento de carga na Vale. Segundo o engenheiro de Projetos Wagner Souza, essa tecnologia costuma ser utilizada em montagens de torres de refinarias. Mas, por conta das dimensões do módulo, peso e altura a que seria içado, foi necessário usar o Gantry e o guindaste. “Esse foi um dos trabalhos que exigiram maior atenção da equipe, sincronismo entre as operações do Gantry e do guindaste. Mas, no fim da atividade, tivemos muito orgulho por estar aqui no S11D. O posicionamento foi um sucesso”.

Na atividade, realizada no fim de junho, um módulo com 1.080 t e outro com 611 t foram içados a mais de 20 m de altura e instalados em cima de uma estrutura metálica. Eles vão compor a casa de transferência do pátio de estocagem.

Fonte: Redação MM

Deixe uma resposta