Categorias

21 de outubro de 2021

Reconhecimento à produção sustentável

O investimento em uma solução sustentável e inovadora para aprimorar o sistema de drenagem da mina de bauxita garantiu à Mineração Rio do Norte (MRN) a conquista, pela quinta vez, do Prêmio de Excelência da Indústria Mínero-Metalúrgica da Revista Minérios & Minerales. A premiação ocorrerá em  evento online e presencial, que inclui o XII Workshop de Redução de Custos 2021, nestes próximos dias 08 e 09 de setembro. 

A empresa, que opera no distrito de Porto Trombetas, no município de Oriximiná (PA), foi contemplada na categoria Meio Ambiente pelo Projeto Sistema de Drenagem de Encosta dos Platôs de Bauxita, conduzido por Bruno Prado (gerente de Operação de Mina); Takehiro Moraes (gerente de Infraestrutura e Operações Florestais); João Vitor Soares (Engenheiro); Marcos Gonçalves (Engenheiro); Domingos Sávio (gerente Técnico) e desenvolvido em parceria com Vinícius Araújo (gerente de Contrato) e Everaldo Garcia (supervisor de Drenagem), da Terra Santa Empreendimentos, empresa que presta serviços à MRN.

O projeto concorreu com soluções de outras 130 empresas do setor. “A premiação é um reconhecimento pelas atitudes do dia a dia que a MRN se propõe a fazer, isso ajuda a comprovar a constante atenção e atuação nas causas ambientais, com ênfase em sua localização situada na maior bacia hidrográfica do mundo e na Flona de Saracá-Taquera. E essa é a primeira premiação com caráter ambiental. Mais um ponto importante para a empresa. Os reconhecimentos anteriores foram de melhoria de performance, produtividade e redução de custos”, relata Bruno Prado, gerente de Operação de Mina.

Desenvolvido desde 2002, o Projeto Sistema de Drenagem de Encosta dos Platôs de Bauxita tem como objetivo viabilizar o escoamento controlado da água das chuvas por meio de um sistema de drenagem composto por filtro, tubulações e dissipador de energia, responsáveis por conduzir o escoamento superficial da água das chuvas a partir do topo até o recurso hídrico na base do platô. “O principal resultado é manter a mina drenada em seus pontos de alagamento, gerando o benefício de uma operação segura e sem ocorrências ambientais”, destaca Takehiro Moraes, gerente de Infraestrutura e Operações Florestais.

Participam dessa iniciativa a equipe do Planejamento de Mina, responsável pelo estudo de alocação dos pontos de drenagem, a equipe do Licenciamento Ambiental, que conduz a liberação legal dessa atividade e a equipe de Infraestrutura de Mina e Operações Florestais, que cuida da execução, do controle e da fiscalização da construção do dispositivo.

Cases –  No XII Workshop de Redução de Custos 2021, a MRN vai compartilhar dois projetos tecnológicos que contribuíram em mais de 60% no aumento da produtividade de equipes de áreas técnicas da empresa, trazem grandes benefícios e podem ser usados como benchmarking para outras empresas. “Este evento é uma grande oportunidade de exposição do trabalho que vem sendo realizado pela MRN e também uma experiência única para a troca e benchmarking com outras companhias, para trazer tecnologia e inovação para a nossa empresa”, conclui Takehiro Moraes.

O primeiro projeto “Modernização do Planejamento e Acompanhamento das Operações de Infraestrutura de Mina e Operações Florestais”, será apresentado pelo engenheiro Marcos Gonçalves, que vai mostrar como a empresa utiliza tecnologias de drones remotely-piloted aircraft, tablets e voos autônomos para fazer levantamentos topográficos de alta precisão, para realizar o planejamento e o acompanhamento das atividades de infraestrutura de mina e operações florestais. “Por meio do uso destas tecnologias, foi possível aumentar a produtividade, melhorar os controles, ser assertivo em medições e acompanhamento em campo das atividades de maneira ágil e produtiva. Hoje, os técnicos têm acesso às informações em campo e podem tomar a decisão de melhor produtividade em instantes. Tudo isso trouxe uma redução de tempo e aumento de produtividade na execução da tarefa em 68%”, assinala Takehiro Moraes.

O segundo projeto, “Otimização e aumento de produtividade das inspeções do sistema de drenagem – alternativa de implementação de aplicativo de inspeção”, será apresentado pelo engenheiro João Vitor. A solução é um aplicativo que padroniza as tarefas, consolida os dados na nuvem e gera dashboards automáticos para facilitar o gerenciamento da rotina, que antes era feita por meio de um checklist tradicional de papel. “O aplicativo também gera rastreabilidade para inspeções, aumentando a credibilidade do dado. Também nos dá uma ferramenta que controla melhor as tarefas da equipe, as evidências de medição de contratos e aumenta a produtividade da equipe em 66%”, destaca o gerente de gerente de Infraestrutura e Operações Florestais.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

RSS
Follow by Email
YouTube
YouTube
LinkedIn
LinkedIn
Share
Instagram
WhatsApp