SQM refaz planos para sua planta de lítio

A SQM fez ajuste no seu plano de investimentos para este ano devido ao atraso de atividades não essenciais, nas instalações de produção na sua planta em Antofagasta, no Chile, devido ao avanço do Covid-19.

Dos US$ 450 milhões previstos, a empresa esperava alocar aproximadamente US$ 120 milhões para manutenção e US$ 330 milhões para expansão da produção de nitrato, iodo e lítio. 

No entanto, segundo a empresa, a mudança de planos não causará impactos na produção esperada para este ano.

A SQM crê que a demanda neste ano pode ser semelhante à observada em 2019, que foi próxima de 312 mil toneladas de carbonato de lítio. 

Nessa mesma linha, a mineradora vê uma recuperação nos próximos anos, pois a demanda por lítio deve crescer. Em 2021, eles esperam ter uma expansão média de cerca de 20%, o que significa que poderá exceder 800 mil toneladas em 2025.

Fonte: Reporte Minero

Deixe uma resposta