Noma anuncia Tatuí como local da nova fábrica da empresa em São Paulo

Cidade na Região de Sorocaba foi escolhida para receber a filial da quarta maior fabricante de carretas da América do Sul

A paranaense de Maringá, Noma do Brasil, que completará 45 anos em 2012, assinou um documento histórico: o contrato de aquisição de um terreno de 13 alqueires que abrigará sua segunda fábrica, em um projeto que envolverá investimentos na ordem de R$ 75 milhões e deverá gerar 450 empregos diretos na cidade de Tatuí, interior de São Paulo. A empresa pretende com a nova fábrica dobrar sua capacidade de produção, hoje em 650 unidades por mês, e se tornar até 2015 a terceira maior fabricante de implementos rodoviários da América do Sul.
O anúncio oficial e assinatura de contrato foram realizados quarta-feira, 14 de dezembro, na Prefeitura Municipal de Tatuí.

Parceria e desenvolvimento

A nova unidade da Noma será construída já no início de 2012 e sua inauguração está prevista para meados de 2013. O investimento da empresa no interior paulista vai alavancar a economia regional. Serão gerados centenas de novos empregos no município de 185 anos, e que abriga uma população de mais de 109 mil habitantes, segundo censo do IBGE de 2009. Tatuí está próxima da capital paulista, apenas 130 km e 115 do aeroporto de Viracopos, na região de Campinas.

Segundo o presidente da Noma do Brasil, Marcos Noma, a aquisição do terreno é um fato histórico para empresa que pretende ampliar sua proximidade com novos mercados e seguir com seus planos de crescimento sustentável. “Tatuí e a região de Sorocaba é bem próxima à capital paulista e sua localização é estrategicamente perfeita, para agilizar nossas entregas e aumentar nossa capacidade produtiva para atender a forte demanda dos próximos anos”, comemora.
Já para o prefeito Luiz Gonzaga, a vinda da Noma para Tatuí é uma grande conquista da região. “Além de termos centenas de novos empregos, traremos também tecnologia e os conceitos de uma grande empresa, que está entre as principais do Brasil em seu setor”, destaca.

Deixe uma resposta