Mineradoras correm atrás de capital novo

A revista The Economist traz na sua edição de 7 de fevereiro notícia sobre as tratativas da Rio Tinto, Freeport McMoran e Xstrata em levantar injeção de capital no mercado, num total estimado em US$ 17 bilhões – comparado a dívida líquida conjunta de US$ 62 bilhões. Mas os investidores também sentem os efeitos da crise – Glendore, a controladora da Xstrata, está sem recursos para entrar na nova emissão de papeis no valor de US$ 5,9 bilhões, de modo que a mineradora vai comprar uma mina colombiana da controladora para que esta possa fazer caixa. Essa transação preocupa as autoridades regulatórias.


Fonte: Padrão

Deixe uma resposta