Categorias

27 de novembro de 2021

Utilização do método raise boring na abertura de face livre em mina subterrânea

O trabalho apresenta um comparativo entre dois métodos de abertura de faces livres (slots) para desmonte em leques: o método tradicional drill and blast, utilizando perfuração in the hole (ITH), versus o método raise boring.

Os testes foram realizados na Mina Ipueira, pertencente ao grupo Ferbasa, localizada no município de Andorinha, norte do estado da Bahia. Os métodos sublevel caving e sublevel open stopes, utilizados na Mina Ipueira, demandam perfuração ascendente e sequenciamento de lavra em recuo, tendo como característica a abertura do slot, crucial para o sucesso inicial da atividade de extração.

Atualmente em uso, o processo drill and blast acarreta baixa produtividade e rendimento, desvios de perfuração, eventual necessidade de retorno ao local para carregar e detonar alguns furos e possibilidades de insucesso no alcance ideal da altura da face livre.

Diante desta problemática, a equipe técnica da companhia conduziu, durante oito meses, diversos testes com uso do equipamento raise borer, resultando em vinte e um slots abertos, tornando possível mensurar as vantagens e desvantagens desta metodologia. Os resultados obtidos demonstraram uma redução em torno de 60% na mão de obra e de 48% nas horas programadas.

[themoneytizer id=”24055-1″]

Diante das melhorias obtidas e de um ganho na ordem de 64% nos custos operacionais, foi elaborada uma análise técnico-econômica sugerindo a substituição do método atual (drill and blast) pelo método raise boring. Adicionalmente, observaram-se ganhos qualitativos, tais como maior segurança operacional, possibilidade de uso em resgates e menor geração de ruído e poeira.

As atividades da mineração subterrânea demandam grande tecnologia. Isso significa por vezes a realização de grandes investimentos.

Portanto, é fundamental que haja um estudo bem detalhado antes de qualquer tomada de decisão.

O processo de tomada de decisão para mudança no método de abertura de face livre envolve a análise de diversos fatores, levantamento de dados operacionais, de custos e de segurança, além de
elencar os ganhos qualitativos advindos do novo processo.

Com a necessidade de redução de custo, a adoção da tecnologia de perfuração por raise borer tornou-se bastante promissora, uma vez que ela traz consigo ganhos significativos na redução dos
gastos de abertura da face livre, aumento de produtividade e rendimento, garantia de abertura em menor tempo, flexibilidade em um possível aumento de produção, maior segurança operacional, menor geração de ruído e poeira.

Diante dos benefícios esperados, existem ainda fatores intangíveis, como a possibilidade de uso em resgates, no caso de desmoronamento onde possa a ocorrer a perda de acesso em um subnível
ou galeria.

Considerando o estudo prático realizado ao longo de oito meses, que foi exposto neste artigo, pode-se concluir que o uso de um equipamento tipo raise borer para abertura de faces livre é altamente recomendado.

Autores: Álvaro Vinicius Alves da Silva, Gustavo Brenno Sousa Souto, Laércio Cavalcante Morais, Homero José Loureiro Sarmento e Aarão de Andrade Lima.
Acesse aqui o trabalho completo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *