Metso lança sistema de gestão de rejeitos

Exposibram 2019

Em meio à procura por soluções de gestão de rejeitos de barragens, a finlandesa Metso lançou na Exposibram 2019, em Belo Horizonte (MG), o filtro prensa VPX.

De acordo com a marca, o filtro prensa viabiliza a recuperação de até 90% de água e a passagem de um material com até 7% de umidade na pós-filtragem.

Marcelo Franco Matti, vice-presidente sênior da Metso, afirma que o produto vem atender à crescente demanda por equipamentos e tecnologias de tratamento de rejeitos.

A multinacional aponta o desaguamento como a melhor solução para reprocessar água na planta de mineração.

O sistema tem uma capacidade de até 36 m³ em volume, ocupando uma área de filtragem de 1.391 m².

A instalação é modular de acordo com a capacidade da planta e pretende atender a mineração nos segmentos de minério de ferro e cobre, principalmente.

O executivo da Metso conta que parcela importantes dos visitantes do estande da empresa na Exposibram tem buscado informações sobre como gerenciar rejeitos – outros dois assuntos que Marcelo diz ter tratado com frequência no estande incluem expansão de produção e otimização de ativos.

O sistema completo da Metso de gestão de rejeitos inclui ainda os sedimentadores de placas inclinadas (IPS) e a linha de hidrociclones para classificação de finos úmidos (MHC).  A empresa afirma que desenvolve o sistema desde 2016.

A instalação completa do sistema na planta pode levar até 18 meses.

Metso anunciou ainda na Exposibram um novo Centro de Serviços em Pedro Leopoldo (MG), recém-inaugurado.

O empreendimento será responsável pela reforma de equipamentos de mineração e de agregados de empresas de Minas Gerais, assumindo parte dos serviços até então realizados em Sorocaba (SP), ede da Metso.

O local inclui área de armazenamento de 4 mil m2 para peças e componentes usados nas reformas e no suprimento do setor de mineração e de agregados.

Com a ativação do novo centro, o escritório administrativo de Belo Horizonte passa a atuar em Pedro Leopoldo.

Em termos de equipamentos, um dos principais focos de reformas são britadores e peneiras usadas em processamento mineral e de agregados, além de tambores rotativos para o mercado de fertilizantes e caçambas de carregamento de navios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *