Redução de custo e aumento de disponibilidade dos equipamentos com foco nos pneus

Na Mina 101, uma das unidades de extração da Indústria Carbonífera Rio Deserto, percebia-se grande dificuldade relacionado à baixa disponibilidade e paradas de produção decorrente das trocas de pneus, assim como ao alto custo com consertos e aquisição de pneus.

Com o intuito de identificar a causa raiz do problema foi proposto um cheklist para levantamento dos motivos das substituições realizadas em subsolo.

Devido aos avançamentos feitos em subsolo, alguns materiais metálicos acabam sendo deixados pelo solo como: pedaços de eletrodos, pequenas sucatas, parafusos e pregos usados, entre outros. Como os equipamentos precisam trafegar por esses locais, as chances de furar os pneus são grandes.

Os tratores são responsáveis por abastecer a mina com insumos, e são de extrema importância para o bom andamento e continuidade da produção. Portanto, quando estes equipamentos paravam por causa de pneu furado, várias equipes acabavam sendo prejudicadas porque os seus suprimentos demoravam mais tempo para chegar.

Além dos tratores, existem outros equipamentos de apoio com pneus: minicarregadeiras, LHD’s e Hauler, os quais também são de extrema importância para o andamento dos trabalhos no subsolo, e que quando tinham os pneus furados, também atrasava.

Quando os pneus dos shuttle-cars furam por causa do óleo lubrificante, gera perda de produtividade ou até mesmo a parada total da produção, dependendo do local em que o shuttle-car para, pois este pode interromper o tráfego do outro shuttle-car.

É realizada a troca dos pneus das máquinas (em casos de avarias) e são feitas as manutenções dos pneus em empresas terceirizadas.

Tendo em vista solucionar o problema, este projeto propõe diminuir consideravelmente as paradas de produção e de equipamentos pelo motivo de pneus furados. A proposta surgiu de colaboradores das Empresas Rio Deserto, a partir do Programa de Inovação e Qualidade (PIQ).

Com a realização do estudo, observa-se que as alterações apresentaram resultados importantes para o processo de mineração, trazendo vantagens, como redução da mão de obra dos mecânicos na substituição de pneus, podendo ser realizados outros serviços de manutenção preventiva; redução dos custos com consertos de pneus em empresas terceiras; redução das paradas de máquinas, ou seja, aumento da disponibilidade das mesmas, entre outros.

Autores: Adilmar da Silva – mecânico, Alexsandro Heerdt – mecânico, Jeferson Bittencourt – técnico em mecânica, Jefferson Rodrigues – mecânico, Rauan Martins– servente de superfície, Fabio Vanzeloti da Rosa – gerente de mina, e Geovane Rosso Felipe – coordenador de manutenção mecânica.

Acesse aqui o trabalho completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *