Demanda por cobre poderá cair 12%

Antes do avanço do coronavírus, a demanda por cobre já havia caído de quase 8,5% esse ano. Agora, a consultoria Ernest & Young acredita que se a crise continuar, a queda pelo produto pode alcançar 12% até o final do ano.

A retração deverá atingir toda a cadeia e projetos para diminuir o impacto de extração do metal.

Iván Arriagada, CEO da Antofagasta Minerals, uma das maiores produtoras de cobre do Chile, a questão deve envolver empresa, comunidade e autoridade para enfrentar a situação e encontrar uma solução sustentável.

Deixe uma resposta