Barragem em Nova Lima é totalmente descomissionada pela Vale; confira vídeo do resultado

A mineradora Vale finalizou as obras de descomissionamento da Barragem 8B, da Mina de Águas Claras, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A estrutura é a primeira das nove que a empresa prometeu descaracterizar no início do ano, e agora já não possui nenhum tipo de risco de rompimento, voltando a um estado similar ao natural.

Mesmo tendo liberado apenas a primeira em seis meses, a promessa da companhia é que as outras oito serão descomissionadas ou terão “fator de segurança adequado” em um prazo máximo de três anos, “sem oferecer risco às comunidades e municípios localizados abaixo das estruturas e ao meio ambiente”.

Instalada em 1974, a barragem 8B ficou em funcionamento até o ano de 2002, operando com a capacidade de 300 mil metros cúbicos de rejeitos. Apesar de parada, ela continuava caracterizada, ou seja, com a estrutura da parede que segura o resíduo construída sobre o próprio rejeito, da mesma forma que as barragens que se romperam em Mariana, na região Central, e Brumadinho, na Grande BH.

O gerente executivo do processo de descaracterização, Carlos Miana, explicou que as etapas do descomissionamento começaram pela retirada da água que estava sobre os sedimentos, a remoção do alteamento e a construção de uma espécie de “novo piso” com pedras, para que o solo continuasse absorvendo as águas das chuvas de forma natural.

Na opinião de Miana, o transporte das 50 mil toneladas de pedras foi a maior dificuldade. “Do pátio do estoque à barragem são quase 4 km de uma estrada de terra estreita, cheia de curvas e em forte declive”, afirmou.

Veja abaixo o vídeo feito pela Vale de como ficou o espaço onde estava a barragem após o processo de descomissionamento:

[themoneytizer id=”24055-1″]

Sequência

Agora, a área onde ficava a barragem está sendo revegetada. Mil mudas nativas de árvores estão sendo plantadas em uma área de 12.700 m². As espécies de vegetais são das mesmas encontradas no restante da Mata do Jambreiro, reserva de proteção ambiental onde a mina de Águas Claras funcionava.

No total, a Vale diz investir R$ 8,6 bilhões no descomissionamento das nove barragens a montante que possui em Minas. Além da 8B, serão descaracterizadas: Sul Superior, em Barão de Cocais, Vargem Grande, Fernandinho, B3 e B4, em Nova Lima, Grupo e Forquilhas I, II e III, em Ouro Preto. Em algumas estruturas estão sendo construídas barreiras de contenção a jusante para reforçar a segurança em caso de rompimento.

FONTE: HOJE EM DIA

Deixe uma resposta