AMG Mineração foca na 2ª fase de seu empreendimento de Lítio em MG

A AMG Mineração, subsidiária da holandesa Advanced Metallurgical Group, está investindo em torno de R$ 650 milhões nas duas fases do projeto de lítio no complexo industrial da mina de Volta Grande, na divisa dos municípios de Nazareno e São Tiago (MG). Lá, as reservas são de cerca de 23 milhões de t remanescentes de pegmatito – uma rocha que incorpora diversos minerais. Outra unidade fabril, em São João Del Rei (MG), produz óxidos de tântalo e nióbio, ligas especiais de alumínio, além de operar uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH). O investimento total da AMG no projeto é de cerca de R$ 800 milhões. A primeira fase do projeto foi inaugurada com a planta de concentração com capacidade de produção de 90 mil t/ano de concentrado de espodumênio (que carrega o lítio na estrutura mineralógica). A segunda fase do projeto deve começar a construção ainda nesse segundo semestre, com a conclusão prevista para o final de 2019. A partir de 2020, a capacidade anual será de 180 mil t de concentrado de espodumênio. As primeiras 270 mil toneladas produzidas serão destinadas a um cliente chinês com um contrato já assinado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *