Anglo American lança relatório à sociedade de 2014

A empresa investiu R$ 8,3 milhões em projetos e ações sociais junto às operações de Níquel, Nióbio e Fosfatos no ano passado, o que beneficiou mais de 31 mil pessoas

Os Negócios Níquel, Nióbio e Fosfatos da Anglo American lançam hoje o Relatório à Sociedade 2015, ano base 2014. Essa é a segunda edição do documento após a unificação dos três negócios no Brasil, iniciada em 2013 e finalizada em 2014. O relato tem ciclo anual e apresenta o desempenho da empresa nos aspectos econômicos, ambientais e sociais, incluindo indicadores específicos para o setor de mineração.

“Esse é o 11º relatório à sociedade que divulgamos no Brasil e é o segundo após a integração dos negócios de Níquel, Nióbio e Fosfatos. Adotamos as melhores práticas para garantir a saúde e a segurança dos nossos profissionais e para trazer uma contribuição duradoura e positiva para as comunidades onde operamos. O relatório à sociedade aborda os nossos resultados econômicos, ambientais e sociais e detalha os controles implementados para ampliar os impactos positivos das nossas operações e mitigar os negativos, de maneira a promover o desenvolvimento de forma sustentável e fortalecer o relacionamento com todos os nossos públicos”, explica o presidente dos Negócios Níquel, Nióbio e Fosfatos da Anglo American, Ruben Fernandes.

Na esfera social, a Anglo American investiu R$ 8,3 milhões em projetos e ações sociais nos municípios onde se localizam as operações de Níquel, Nióbio e Fosfatos em 2014, beneficiando mais de 31 mil pessoas. Os programas desenvolvidos atualmente estão voltados para promover o desenvolvimento socioeconômico, por meio do fortalecimento da gestão pública, da cultura e economia local, promoção da inclusão social, incentivo à geração de empregos e melhoria das condições de saúde, educação e lazer das comunidades de Barro Alto (GO), Niquelândia (GO), Catalão (GO), Ouvidor (GO) e Cubatão (SP).

Além disso, para promover uma contribuição duradoura e positiva a essas comunidades, além do pagamento de tributos aos governos e incentivo às compras de fornecedores locais, o montante destinado ao pagamento de salários e benefícios em 2014 ultrapassou os R$ 450 milhões, contribuindo para a melhoria da geração de renda e o movimento da economia local.

Para a construção e a manutenção das iniciativas de desenvolvimento socioeconômico junto às comunidades, a Anglo American trabalha em parceria com governos locais, lideranças comunitárias, organizações não governamentais (ONGs) como Reprolatina, Agenda Pública e outras entidades.

Dentre os destaques de 2014, no que concerne a resultados financeiros e operacionais, estão a ampliação da capacidade produtiva de nióbio no Brasil com a conclusão do projeto Boa Vista Rocha Fresca (BVFR) que aumentará a capacidade de produção de nióbio de 4,5 mil toneladas para 6,8 mil toneladas por ano até 2017. Como o nome indica, o projeto, que recebeu um investimento de US$ 325 milhões, deu início à exploração e beneficiamento da rocha fresca (minério não-oxidado) da mina Boa Vista, em Catalão (GO), em novembro de 2014.

Além disso, a empresa concluiu no mês passado a reforma dos dois fornos elétricos na planta industrial de Barro Alto (GO), que permitirá à unidade alcançar progressivamente a capacidade nominal de produção de níquel de 36 mil toneladas. No negócio Fosfatos, o foco foi a estabilidade das operações em 2014, atividades de manutenção, controle e gerenciamento de processos.

Fonte: Redação MM

Deixe uma resposta