Votorantim Cimentos segue com seus projetos de expansão

Com investimentos de mais de R$ 2,4 bilhões, a Votorantim Cimentos planeja aumentar a sua capacidade produtiva e manter sua liderança no mercado interno. Os aportes estão sendo aplicados em quatro novos projetos, localizados em Edealina (GO), Primavera (PA), Sobral (CE) e Caaporã (PB). Em expansão, a companhia investiu no aumento das capacidades das unidades de Xambioá (TO) e Camaçari (BA) – esta última também agregou novos produtos em seu portfólio.

Em Edealina, a nova unidade de cimento, com investimentos totais de R$ 600 milhões, terá capacidade produtiva anual de 2 milhões t e deve iniciar sua operação no segundo semestre deste ano. Com investimentos de R$ 390 milhões e start-up previsto para 2016, o projeto de Primavera irá produzir 1,2 milhão t de cimento por ano.

No município de Sobral, a empresa investe cerca de R$ 700 milhões para construir uma planta de cimento, prevista epara 2017 e com capacidade de 2 milhões t anuais. Por fim, o projeto Caaporã receberá outros R$ 700 milhões para a implantação de uma fábrica de 2,2 milhões t por ano – esta será a 6ª fábrica de cimento da companhia no nordeste e deve ser iniciada em 2017.

Concluído no ano passado, a expansão da unidade Xambioá (TO) recebeu recursos de R$ 80 milhões para implantação de uma nova unidade de moagem, que agregou 700 mil t de cimento por ano a sua capacidade produtiva, totalizando 1,3 milhão t. Já em Camaçari, a empresa irá inaugurar, em abril, uma nova unidade de complementares (argamassas colantes). As obras, que começaram em 2007, se inserem no maior plano de investimentos da história da cimenteira, que deve chegar a R$ 11 bilhões até 2016.

Investimentos em novas unidades e em expansão da Votorantim Cimentos somam R$ 2,4 bilhões

Fonte: Revista Minérios & Minerales

Deixe uma resposta