Categorias

21 de outubro de 2021

SAM deve iniciar obra de planta e minério de ferro em 2023

Em palestra presencial realizada por Gizelle Andrade, diretora de Relacionamento e Meio Ambiente da Sul América Metais (SAM), nesta quinta-feira (9/9), pela manhã, durante o 12º Workshop Opex 2021 – Redução de Custos na Mina e na Planta, a executiva informou que a implantação do projeto da empresa no norte de Minas Gerais deve começar em 2023.

O evento, realizado pela revista Minérios & Minerales, ocorre na Fundação Dom Cabral, em Nova Lima, Grande Belo Horizonte. Em sua apresentação, Gizelle expôs como será o chamado projeto Bloco 8. Até o final desse ano a empresa deve conseguir a Licença Prévia do empreendimento e a operação está prevista 2026.

O projeto greenfield de minério de ferro envolve quatro municípios mineiros: Grão Mongol, Padre Carvalho, Fruta de Leite e Josenópolis.  O minério de ferro extraído terá baixo teor (média de 20%), mas será processado para obter um produto premium com teor de 66,5%.

O investimento total no projeto é de US$ 2,1 bilhões, sendo US$ 74 milhões já aplicados em pesquisas geológicas. A capacidade de produção nominal do empreendimento é de 27,5 milhões t de pellet feed. 

O projeto é um investimento da Honbridge Holdings, de Hong Kong, que tem entre seus sócios o proprietário da Geely (pertencente a família de Li Shufu, uma das mais ricas da China), montadora chinesa atual proprietária da unidade de automóveis da Volvo e da Lotus. A Honbridge tem como sócio ainda o Shagang Group, um dos maiores produtores de aço chineses. 

A barragem de água planejada para abastecer o empreendimento, também será usada para atender as comunidades locais e fortalecer a agricultura familiar na região. Há um extenso programa para atender pequenos agricultores, inclusive para atender à planta. A flotação usará aditivo à base de milho e mandioca, insumos que deverão ser estimulados para serem plantados na região. 

Um mineroduto de cerca de 400 km, ligando o empreendimento ao Porto Sul (em construção e que pertence a mineradora Bamin), em Ilhéus (BA), deve ser construído para escoamento da produção de minérios de ferro. O projeto pretende utilizar na mina máquinas e equipamentos controlados remotamente, sem a presença de operadores a bordo.

Please follow and like us:

Deixe um comentário

RSS
Follow by Email
YouTube
YouTube
LinkedIn
LinkedIn
Share
Instagram
WhatsApp