Recuperação pode chegar antes do que se imaginava

Investidores estão vislumbrando uma recuperação mais rápida do setor de mineração e as cotações das ações estão subindo em consequência desse sentimento, avaliam analistas. O Índice de Mineração Global S&P/TSX,

um indicador do desempenho das mineradoras, subiu 70% nos últimos 12 meses. A mineradora suíça Glencore, por exemplo, afirmou que planeja voltar a pagar dividendos para investidores em 2017 depois de vender ativos e reduzir seu endividamento.

A Rio Tinto teve ganhos inesperados e a mineradora está reduzindo suas dívidas e também prevendo o pagamento de dividendos ao acionistas. A Rio Tinto está projetando que irá gerar US$ 5 bilhões em fluxo de caixa adicional nos próximos cinco anos. A Rio Tinto já está avançando em empreendimentos de minério de ferro e bauxita na Austrália, e em uma mina de cobre na Mongólia. “2016 foi de recuperação da demanda e de melhora de resultados, e 2017 deve ser o ano em que as mineradoras começarão a compensar os investidores pelos cinco duros anos de desempenho inferior, através de dividendos mais elevados e de maior disciplina de capital”, afirma relatório do Credit Suisse.

Fonte: Redação MM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *