Projeto sobre inteligência artificial da CSN é escolhido pelo júri do Prêmio de Excelência

O projeto “Utilização de inteligência artificial para aumento da produtividade de carregamento” também foi escolhido para o Prêmio de Excelência da Indústria Minero Metalúrgica.

Sobre o projeto

O Objetivo deste trabalho é apresentar os resultados operacionais viabilizados pela criação de uma metodologia de controle para a produtividade de carregamento dos equipamentos de mina, baseado nos conceitos de Inteligência Artificial. O trabalho foi desenvolvido na empresa CSN Mineração e possibilitou o aumento da produtividade de carregamento em 4,71%, gerando potencial de redução de custos da ordem de R$ 10 Milhões por ano.

Sobre os autores

Walter Schmidt Felsch Junior é engenheiro de minas pela Universidade Federal de Ouro Preto, tem mestrado em Engenharia Mineral e MBA em gestão de empresas e negócios, atua na CSN Mineração como Engenheiro Sênio

André Cardoso Joviano Atua na Companhia Siderúrgica Nacional desde 2007, atualmente é desenvolvedor de programas na CSN Mineração.

Valdeis de Souza Oliveira é Técnico em mineração com experiência em operação, infraestrutura e controle de trafego de mina. Atua na CSN Mineração como supervisor do despacho eletrônico desde 2008.

Pablo Rodrigo Vieira da Cunha Possui graduação em Engenharia de Minas pela Universidade Federal de Ouro Preto e MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas. Possui 16 anos de experiência em mineração, sendo gerente na Anglo American e CSN nas áreas de planejamento, infraestrutura e operação de mina. Atualmente é engenheiro especialista na CSN Mineração.

Ricardo Paulo de Almeida Rodrigues é Técnico de desenvolvimento II. Graduado em Engenharia Metalúrgica, possui cinco anos de experiência em operação de mina de pequeno e grande porte envolvendo atividades de carregamento e transporte;

Eder Flávio Araújo Costa é Graduado em Engenharia de Minas pela Universidade Federal de Ouro Preto com 12 anos de experiência na área de Planejamento de Lavra a céu aberto, sendo 8 anos no minério de ferro. Atuação na construção de Reservas Minerais e acompanhamentos de minas em operação.

Carlos Enrique Arroyo Ortiz é  Professor Titular da Universidade Federal de Ouro Preto. Bacharel em Engenharia de Minas pela Universidade Nacional San Antonio Abad del Cusco Perú (2002), Mestre em Engenharia Mineral (Lavra de Minas) (2008), Doutor em Geociências (2014) pela Escola de Minas – Universidade Federal de Ouro Preto, Pós-doutorado em Planejamento de Lavra de Minas (2016) no Delphos -AMTC (Advanced Mining Technology Center – Universidade do Chile). Possui experiência na iniciativa privada como engenheiro e consultor. Na atualidade é Pesquisador e Professor do Departamento de Engenharia de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP. Atua na área de Engenharia de Minas, com ênfase em Modelagem Geoestatística e Geometalurgica de Depósitos Minerais, Planejamento de Lavra e na Otimização das Operações Unitárias de Lavra de Minas.

3 comentários em “Projeto sobre inteligência artificial da CSN é escolhido pelo júri do Prêmio de Excelência

  • 7 de março de 2019 em 16:51
    Permalink

    Show!

    Resposta
  • 8 de março de 2019 em 05:02
    Permalink

    Parabéns a todos!!;! fazemos parte deste grande time sabemos da responsabilidade e empenho de todos.

    Resposta
  • 9 de março de 2019 em 15:01
    Permalink

    Gostaria possam compartilhar em linhas gerais como a inteligência artificial melhorou o sistema de gestão de flota (FMS). O algoritmo desses sistemas fica na menor distancia, e quase todos deles forman parte de código binario do sistema. A pergunta que segue é : Mudaron o algoritmo dentro da programação lineal do sistema ? Fica fora dele ? Ou é um sistema desenvolvido por voces ?

    Fico grato pela sua resposta
    Saudações

    Carlos

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *