Nova planta de moagem e flotação da Ferrous eleva teor para 65% Fe e reduz sílica para 4,5%

Para aumentar a competitividade no mercado internacional de seus produtos, a mineradora Ferrous está investimentos cerca de US$ 80 milhões em um projeto para melhorar o teor de ferro do minério de ferro extraído de sua planta em Congonhas (MG). Quem relata é Sergio Correa Botelho, diretor de Operações da Ferrous, e Thiago Ozorio Moreira, gerente de Operações da mineradora.

O escopo central do projeto, intitulado Viga 4+, é aumentar a qualidade do minério produzido na Mina Viga – e processado na planta – passando o teor de ferro de 61% para 65%, e reduzindo a sílica de 7,5% para 4,5%. O início da nova operação está previsto para novembro.

Hoje, de acordo com a Ferrous, a usina produz cerca 3,6 milhões de t/ano. No projeto Viga 4+ a meta num primeiro momento é alcançar 4 milhões de t/ano de produção de minério de ferro com melhor qualidade.

Sergio explica que a planta atual irá gerar um pré-concentrado de separação magnética com aproximadamente 43% de ferro para compor a alimentação da nova usina de moagem e flotação.

Com isso, a mineradora espera concentrar seu negócio no minério premium, que passou a ter maior rentabilidade no exterior, principalmente na China, com as restrições ambientais impostas naquele país – nas siderúrgicas chinesas o minério com maior teor de ferro emite menos gás carbônico. No mercado internacional, o minério premium deve ter pelo menos 65% de teor de ferro e 4,5% para baixo de sílica.

A implantação do projeto inclui na planta dois moinhos, dois ciclones, células de flotação e espessadores. O diretor conta que a ampliação da planta exigiu 350 pessoas no pico das obras.

O executivo relata ainda que o projeto piloto foi um trabalho de longa maturação, com estudos detalhados. A etapa mais complexa é a interligação da nova estrutura à antiga na mesma planta.

SÍLICA

Na unidade de beneficiamento de minério de ferro existente, a Ferrous já vinha trabalhando para reduzir a penalidade do contaminante sílica no concentrado de minério de ferro – o teor elevado de sílica reduz a margem de venda do concentrado.

Foram estudados vários métodos de concentração de minério de ferro e também se este minério possuía grau de liberação suficiente para concentrações adicionais. Nesta iniciativa, a principal solução adotada incluiu separador magnético de alta intensidade a úmido.

FICHA TÉCNICA
Ampliação da Ferrous
em Congonhas (MG)

Projeto básico: ECM Projetos Industriais
Projeto Executivo: Ausenco
Montagem: Milplan e Parex Engenharia
Equipamentos: FL Smidth
Moinhos: Citic
Automação e elétrica: IHM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Notícias relacionadas

Investimentos em mineração no Peru alcançam US$ 3,... Os investimentos em mineração no Peru atingiram US$ 3,2 bilhões no período de janeiro a setembro deste ano, um aumento de 28% em relação ao mesmo perí...
Cat apresenta caminhão off road com acionamento el... A Caterpillar apresentou nesta quinta (8/11), em seu Centro de Demonstração e Treinamento em Tucson, no Arizona, Estados Unidos, o caminhão off ro...
Case de transformação digital da mineração Paragom... O BABS 4.0 (Sistema de Gestão de Bauxita e Alumina, em português) - programa de transformação digital da Mineração Paragominas - foi premiado como...
Prêmio de SST na mineração aborda tema sobre conse... Disseminado nas mais diferentes atividades industriais, o ruído é um conhecido agente físico de risco aos trabalhadores dos tempos atuais. Além dele, ...
0

Comentar