CSN fará ampliação da Casa de Pedra com 2 novas unidades industriais

 
csn casa de pedra
A CSN Mineração informa que após estudos de viabilidade geoeconômica de jazidas nas áreas licenciadas de mineração na Casa de Pedra, em Congonhas (MG), a empresa irá investir em torno de R$ 1,4 bilhão numa planta industrial de beneficiamento de itabirito, que deverá operar em 2021.
Hoje, o projeto encontra-se em fase de desenvolvimento de engenharia.
Essa unidade industrial deverá ter tecnologia de processo diferente da existente, já que o itabirito (com menor teor de ferro) será a rocha beneficiada. Porém, a incorporação de tecnologias no processo permitirá melhorar a qualidade do produto final.
O programa prevê ainda a implantação de uma segunda unidade industrial para processamento do itabirito, depois que a primeira estiver operando. A primeira planta de itabirito, com capacidade de produção de 10 milhões de t/ano, tem seu ramp up programado para o segundo semestre de 2021 e atingirá seu pico de produção em 2023.
A segunda planta de itabirito terá capacidade de produção de 20 milhões de t/ano, com seu ramp up programado para o segundo semestre de 2024 e alcance de sua produção nominal em 2026. (Augusto Diniz)
 

Leia mais notícias sobre a CSN:

Projeto para a CSN é premiado por inovação ao utilizar redes neurais na siderurgia
CSN anuncia investimento de R$ 1,3 bi em 2015
Vale conclui acordo com a CSN
Comissão Européia aprova parceria de CSN e Namisa.
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *