Compra da Votorantim Siderurgia pela ArcelorMittal tem restrições do Cade

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a compra da Votorantim Siderurgia pela ArcelorMittal Brasil, nas operações de aços longos, mas impôs restrições.
Pelo acordo, a Votorantim Siderurgia passará a ser uma subsidiária da ArcelorMittal Brasil, com participação minoritária no capital.
O acordo envolvia inicialmente as plantas da ArcelorMittal Brasil em Monlevade (MG), Cariacica (ES), Juiz de Fora (MG), Piracicaba (SP) e Itaúna (SP), e as plantas da Votorantim Siderurgia em Barra Mansa (RJ), Resende (RJ) e a participação acionária na Sitrel, em Três Lagoas (MG).
Porém, o Cade impôs para conclusão do acordo a venda pela ArcelorMittal de sua planta de aços longos de Cariacica, além da transferência de contrato de arrendamento da planta de Itaúna e venda de duas unidades de trefilação de aço da companhia.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *