Bamin pode aplicar US$ 2,4 bi no País

O grupo do Cazaquistão Eurasian Mining, proprietário da Bahia Mineração (Bamin), sinaliza que pode investir US$ 2,4 bilhões no Brasil até o fim de 2018. A ideia é começar com ampliação das atuais instalações com US$ 1 bilhão.
O restante viria da participação do grupo no leilão do trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) entre Ilhéus e Caetité, na Bahia, em princípio por meio de um consórcio com empresas chinesas.
A estrada de ferro é fundamental para alavancar o projeto da Bamin, já que é por ela que se escoará a produção de minério de ferro da empresa em Caetité. Recursos serão também destinados à construção de um porto em Ilhéus (BA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *