Anglo American investe na gestão sustentável de resíduos de cigarro

A unidade de Fosfatos em Cubatão investiu na implantação do projeto bituqueiras sustentáveis

O Ministério da Saúde estima que os cerca de 21 milhões de fumantes brasileiros produzam, aproximadamente, 420 milhões de bitucas de cigarros diariamente, uma média individual de 20 por dia. Boa parte desses resíduos acaba sendo descartada de forma inadequada e prejudica o meio ambiente. Com isso, a Anglo American, alinhada à sua política de gestão sustentável de resíduos, investiu de forma inovadora na coleta, destinação adequada e reciclagem de resíduos de cigarros na unidade de Fosfatos, localizada no Polo Industrial de Cubatão (SP).

A companhia instalou no início desse ano 11 caixas coletoras de bitucas de cigarro nas áreas designadas para fumantes dentro da operação da empresa no município. O projeto é realizado em parceria com a Poiato Recicla, entidade responsável pela coleta e reciclagem do material. Depois de armazenada, a bituca do cigarro é submetida a um processo de “cozimento” e tratamento com água e produtos químicos para neutralização das substâncias tóxicas, gerando assim a massa celulósica que será utilizada na produção de material escolar para entidades carentes. A água empregada é exclusivamente de reuso, com captação de chuva e tratamento no próprio sistema.

“A gestão sustentável de resíduos faz parte de nosso trabalho nas operações. Somos pioneiros na Baixada Santista na implantação das caixas coletoras de bitucas e, por meio desse projeto, conseguimos atuar de forma abrangente em relação a dois pilares de uma eficaz gestão sustentável: manejo de resíduos e educação ambiental. A sustentabilidade se constrói a partir de modelos e sistemas integrados, que possibilitem tanto a redução do resíduo gerado na fonte como a reutilização de materiais descartados”, destaca Marcelo Silva, gerente de Meio Ambiente, Segurança e Saúde Ocupacional do negócio Fosfatos da Anglo American, em Cubatão.

Além de contribuir para a redução dos resíduos gerados na operação, a iniciativa visa também à educação ambiental e de saúde por meio das mensagens educativas disponibilizadas junto às caixas coletoras. O material informativo busca conscientizar os empregados que fumam sobre os prejuízos à saúde causados pelo tabagismo e sobre os danos ambientais decorrentes do descarte inapropriado das bitucas.

Fonte: Redação MM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *