Dedicada à Redução de Custos, Aumento de Produtividade e Manutenção Industrial na Mina e na Planta
Dedicated to Cost Reduction, Productivity, Industrial Maintenance at the Mine and Plant
Youtube
Twitter
Flickr
Youtube
Contact
 
Fabricante prioriza reforma dos equipamentose ganhos com tecnologia digital
Joseph Young
Las Vegas (Estados Unidos)
 
Na conferência de imprensa realizada em Las Vegas (EUA), na véspera da abertura da Minexpo 2016, a Caterpillar revelou que a indústria de equipamentos continua priorizando a reforma dos equipamentos em operação nas minas e plantas, alinhada com a demanda das mineradoras: reduzir os custos de produção de forma contínua com os ativos existentes, com a remanufatura de componentes críticos, mantendo os investimentos (capex) no nível mínimo possível.
 
Nessa direção, a empresa sediada na cidade norte-americana de Peoria aponta a importância da tecnologia digital e dos softwares agrupados sob o nome Command, parte do Minestar, possibilitando programar intervenção preventiva na frota, de forma sistemática, evitando falhas catastróficas que prejudiquem a produção. E esse programa funciona inclusive em frotas mistas, com equipamentos de diferentes marcas.
 
Há avanços relevantes na operação semiautônoma de perfuratrizes, seguindo coordenadas de GPS de alta pre-cisão, dispensando a topografia de campo, com economia de 5% em cada furo. Os bulldozers podem ser
operados remotamente em trabalhos de risco — o que o operador humano executa na primeira vez, a máquina pode repetir quantas vezes for preciso. O programa Spotting faz posicionamento automático de
dois caminhões para carregamento junto da escavadeira, em marcha a ré, inclusive no lado cego, com toda
a segurança.
 
Já o programa Fleet aumenta a operação efetiva dos caminhões, atacando as ineficiências na troca de turnos, no abastecimento, e excessos de carga e velocidade — alongando a vida dos pneus. O sistema Detech monitora a fadiga do operador e alerta sobre proximidade de objetos — e serve para equipamentos de qualquer marca.
 
Na mina de Solomon, da Fortescue Metals, na Austrália, 47 caminhões autônomos 793Fj atingiram 20% a mais de eficiência que os operadores humanos, tendo transportado 200 milhões t de material desde 2012, com melhora dramática nos índices de segurança. É a maior frota autónoma num único sitio de mineração.A Caterpillar lançou ainda na Minexpo máquinas novas, como a escavadeira hidráulica 6020B, com seis bombas atendendo individualmente cada cilindro, podendo alcançar 25% de economia no consumo de diesel, além da maior cabine da sua classe, com visor de vidro no piso; o caminhão 794 de tração elétrica, para 320 tc, que incorpora a tecnologia Unit Rig; a carregadeira 994K, que ganhou mais potência no motor, maior força de rompimento e 29% a mais de carga útil; o bulldozer D10T2 com supressão de fogo instalado na fábrica e esteira reforçada com até 40% a mais de vida útil; motoniveladora 18M3 que executa mais
15% de cobertura no terreno, além de outros modelos.
 
Quanto à possível retomada dos preços dos metais, Caterpillar aponta indícios de que isso possa ter inicio em 2017, com reflexo na renovação das frotas das minas que tenham atingido a idade limite de utilização. Porém, é verdade que a mineradora pode optar mais uma vez pela remanufatura dos componentes vitais, dando uma segunda ou terceira vida às maquinas.


Publicidade
  • newsletter MM
  • Boart Long Year
  • JLG
  • Voestalpine
  • JLG
  • Banner Esco
  • Mineiração
  • Tecnologia do Concreto
  • MSA
  • IM Mining
  • martin
  • 19 premio de excelencia
  • VIII Workshop
  • Sandivk
  • Tega
  • banner da Osisoft
  • contato internacional
  • JLG
A republicação e divulgação de conteúdos públicos são permitidas, desde que citados fonte, título e autor. No caso dos conteúdos restritos, não é permitida a utilização sem autorização do responsável. É totalmente livre a citação da URL do Portal (http//www.revistaminerios.com.br) em sítios e páginas de terceiros.
© 2017 - Revista Minerios - Todos os direitos reservados.
L2 Comunicação e Tecnologia